Textos

Uma Fogueira em Forma de Assim

livros fogueira

Por alguma benévola coincidência, quis o tempo e o acaso das leituras plantar-me nas mãos, nem vinte e quatro horas decorridas deste meu pequeno caligrama, ideias ecoantes nas páginas abertas como gargantas montanhosas do Uma Coisa em Forma de Assim, do Alexandre O’Neill, onde Maria Antónia Oliveira, sua editora, logo na segunda página do posfácio coloca na boca de O’Neill que “hoje lê-se muito, lê-se mal e depressa”, para de seguida dar o seu contributo, ao confessar que por vezes vai “a ponto de preferir o lixo da cozinha ao do escritório, especialmente antes de um jantar de esparguete e molho de tomate, ou aqueles momentos em que resolvo limpar o frigorífico de todos os tupperwares com resíduos alimentares duvidosos e restos bolorentos — que bem que ficam derramados em cima de certos livros.”

A mim, que sou dono de livros como de mais nada, custa-me ainda assim ver um livro ser desperdiçado, deitado fora, e talvez não me seja possível subscrever esta ideia em forma de assim, mas talvez preferisse que os maus livros não chegassem sequer a ser impressos. Evitava-se a fogueira, protegia-se o ambiente duas vezes, poupava-se tempo.

Hoje lê-se mal, mas se se lê mal, é porque se escreve pior, porque se edita pior, porque se quer vender pior.

 

Hugo Picado de Almeida

 

Anúncios
Standard

4 thoughts on “Uma Fogueira em Forma de Assim

  1. Completamente de acordo. Há algum tempo, li (já não sei onde) que “agora todos somos escritores”, por via do facilitismo das redes sociais. Mas isso não é verdade. Nem todos os que escrevem são escritores inatos, assim como nem todos os livros publicados são necessariamente “obras literárias” que valham a pena ler.

  2. Os cadernos de Dom Rigoberto, do Vargas Llosa, é um dos meus livros preferidos. O protagonista tem uma biblioteca com um determinado número de livros e não aceita aumentar nem diminuir o tamanho. Por isso, quando compra livros ou lhe são oferecidos, vai às prateleiras, selecciona os menos bons e queima-os. Desta forma, mantém a dimensão intacta. Mandou construir uma lareira para o efeito.

Escrever um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s