Textos

Poema inadmissível

herald4

Leitores de um edital de recrutamento em Herald Sq., Nova Iorque. Bain News Service.

Revogue-se às pessoas o direito de andar na rua,
Taxe-se cada vislumbre do Sol,
Torne-se ilícito o olhar da Lua e
Cobre-se o oxigénio em função da caixa torácica de cada qual.
Legisle-se sobre o que pode ou não ser dito — se possível à palavra –,
Contabilize-se a quantidade de álcool ingerido,
A tinta que na escrita se gasta,
E submetam-se os cigarros à distribuição por senhas de racionamento.
Que as manifestações sejam silenciosas,
As greves de corpo presente
E os protestos somente entrada no dicionário.
Guilhotine-se o pescoço a todo o poema,
E transforme-se a música em braille
Para que o silêncio seja palpável.
Autue-se o desenhador que for demasiado longe.
Agrilhoe-se quem quiser que a liberdade seja real
E o escritor que não se fique por cópia de monge.
Evite-se que o riso seja alto e as carícias maiores,
Proíba-se aos casais o andar de mãos dadas
E faça-se do beijo coisa de ladrão.
Refunda-se o sexo para a clandestinidade
Ao erotismo prenda-se por cumplicidade
E arranje-se forma de cobrar por qualquer indício de desejo.
Molde-se o pensamento ao conciliábulo das notícias,
Que o Homem está na terra com as finanças no céu.
Faça-se pé de ladrão ao Ministro mas prenda-se o pedinte,
Arrole-se o cego como testemunha para salvar o pleito
E dê-se o peito, excisado, como credor da questão.
No final de tudo isto, se ainda não se o tiver também proibido,
Feche-se, sobre todos e sem grande alarido, a tampa calada do inevitável caixão.

O que é preciso

É que a liberdade não aceite que se lhe tracem linhas
De patins deslizantes e gizáveis ao gosto das forças contrárias.
Que os versos precedentes nunca sejam possíveis,
E que o futuro se salve de ser epitáfio.

Hugo Picado de Almeida

Anúncios
Standard

Escrever um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s