Sem categoria

Senhor Ministro, dê-me um Lá

Esta manhã, seguia no Metro com os auscultadores postos, atento ao jazz maravilhoso dos Vijay Iyer Trio. Surdo, por isso, para as vozes das pessoas além dos auscultadores, pareceu-me que muito melhor poderia ser se algumas pessoas vissem o seu aparelho vocal transformado num instrumento musical como os demais.

Evidentemente, o mundo talvez se tornasse local mais aprazível se, por vezes, as pessoas falassem a linguagem dos pianos, se pedissem desculpa na voz dos contrabaixos, ou se debitassem palavras no jeito malabarista das baterias. Lamento a aproximação fácil e populista à política, mas os tempos que vivemos assim parecem exigi-la, e eu culpo-os por me levarem tantas vezes por esse caminho descendente, lavando daí as minhas mãos. Convenhamos: mesmo um solo de fagote, instrumento que raramente convence um compositor a confiar-lhe tal protagonismo em concerto, seria infinitamente melhor do que um discurso do Passos, e as conferências de imprensa do Gaspar davam já um concerto de boa dimensão, se tivessemos por Ministro um saxofone, por exemplo, instrumento capaz de ostentar boas olheiras ministeriais, em função das noitadas em bares. Tudo seria assim mais agradável, e não teria qualquer desvantagem. Afinal, nenhum instrumento pode insultar tanto as pessoas como as palavras de um Relvas, nem nenhuma linha melódica soa tão deslocada como uma intervenção do Álvaro. E, a bem dizer, não é sequer provável que um violencelo engravatado tivesse pior desempenho na condução de um qualquer Ministério do que os actuais ministros. Os humanos têm-no feito já tão mal…
Talvez por isso Jacques Brel, dotado de especial sensibilidade para as coisas da vida e dos Homens, tenha confessado um dia: “Sempre tive o desejo de ser um instrumento”.

Hugo Picado de Almeida

Anúncios
Standard

Escrever um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s