Livros, Pensamentos

Ressaca da Feira do Livro

Depois da Feira do Livro, com vários livros nas mãos ocupadas por diversos sacos, fica-se sempre com a sensação de que Almada Negreiros tinha razão (como já aqui o citei), e, por felizes que tenham sido as compras, não é possível evitar um ténue sentimento de culpa: mais livros para colocar sobre a pilha dos muitos que já esperam ser lidos, e que também eles, quando chegaram, se depositaram já sobre outros e outros tantos.

Nestas alturas lembro-me de quando era pequeno e queria comprar um novo jogo de computador — e havia sempre um novo que queriam comprar. Antes de me deixar trazê-lo, a minha mãe fazia questão de perguntar um par de vezes: «Já exploraste bem o último que compraste?»

Olho agora para as recentes aquisições literárias que descansam ali ao fundo, e que vejo pelo canto do olho. Giro a cadeira e vejo todos os que aguardam na estante; não consigo abarcar com o olhar nem metade… Mas haverá tempo para os ler a todos, ou assim espero.

Em todo o caso, resta esperar que Cleóbulo de Lindos, o filósofo grego, tivesse razão: «A sabedoria é preferível à ignorância».

 

Hugo Picado de Almeida

Anúncios
Standard

One thought on “Ressaca da Feira do Livro

Escrever um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s