Literatura, Livros, Pessoas

Morreu Antonio Tabucchi

Não fazia ideia de que Antonio Tabucchi, um dos maiores escritores italianos do nosso tempo, era apaixonado por Portugal.
Não fazia ideia de que Tabucchi, especialista em Fernando Pessoa, era casado com uma portuguesa.
Pior, não fazia ideia de que Tabucchi vivia em Lisboa durante a maior parte do ano, e que tinha até adquirido a nacionalidade portuguesa em 2004.
Tristemente, não sabia também que Tabucchi lutava contra um cancro; vim apenas a saber que faleceu este domingo, dia 25 de Março de 2012.

Graças a uma dessas curiosidades que por vezes se revelam fatais, no sábado, último dia completo da vida do escritor, estive com um livro seu na mão. Por um qualquer acaso, pousei-o para ver outros livros, e depois acabei por me ir embora sem o comprar, e temo bem que isso tenha precipitado os acontecimentos.

Diz-se, e com razão, que os livros sobrevivem aos seus autores. Mas se os pousamos à partida, remetendo-os para o coma incerto dos livros nas prateleiras de ninguém, onde, mortos antes do tempo, ansiosamente aguardam um leitor, que hipótese estamos a dar ao seu autor?

Hugo Picado de Almeida

Anúncios
Standard

Escrever um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s