Crise, Pensamentos

Quietude

Parece que o novo aeroporto vai ficar o velho aeroporto, o TGV já não será TGV porque vai passar a ser apenas um comboio de “velocidade elevada”, a TAP será vendida, e as SCUTS vão passar a ser pagas.

Concluímos, portanto, que Portugal pode até superar a crise, mas numa altura em que tanto se fala da necessidade de “seguir em frente”, o mais provável é que tenhamos de perseguir o futuro a pé.

Hugo Picado de Almeida

Anúncios
Standard

Escrever um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s